segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Samba perde Tia Doca da Velha Guarda da Portela

A sambista Jilçária Cruz Costa, conhecida como Tia Doca, de 76 anos, morreu na tarde deste domingo (25), vítima de um infarto. Integrante da Velha Guarda da Portela, escola de samba do Rio de Janeiro, Tia Doca havia sofrido um derrame no último dia 17 e foi internada no hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, sendo transferida no dia seguinte para o Hospital dos Servidores do Estado (Iaserj), no centro do Rio. De acordo com nota emitida pela assessoria da escola, a sambista havia recebido alta da CTI na última quarta-feira (21) e seu quadro de saúde era estável.
Tia Doca foi uma das sambistas da Velha Guarda da Portela retratadas no documentário "O Mistério do Samba", estrelado pela cantora Marisa Monte.
O corpo de Tia Doca será velado na quadra da Portela (r. Clara Nunes, 81, em Madureira). O sepultamento será às 16h no cemitério de Irajá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário