terça-feira, 23 de junho de 2009

Ministro vê possibilidades de Uberaba recepcionar delegação

O ministro interino do Esporte, Wadson Ribeiro, esteve ontem em Uberaba e, durante visita à Câmara Municipal, afirmou que Uberaba, por ser cidade-polo e estar estrategicamente localizada em relação às cidades sedes da Copa 2014, pode vir a ser um dos municípios do interior a receber uma delegação. “Uberaba tem uma localização privilegiada e porte para receber uma delegação. Claro que investimentos devem ser feitos, mas não seria algo inviável”, disse ele.
Ribeiro explicou ainda que o Ministério, no que diz respeito a este projeto, não tem interferência direta, mas pode auxiliar na questão. Ele disse que Uberaba deve apresentar a proposta diretamente aos países que escolherem, pois são eles quem definem onde querem ficar, mediante as facilidades que encontram. Ao comentar sobre esta expectativa, o ministro interino lembrou que são mais de três bilhões de pessoas, entre expectadores e participantes, na Copa e que o retorno em termos de visibilidade é incontável. “É a população do país que está se preparando aqui, inteiramente ligada na cidade. Sem contar que a imprensa do mundo inteiro envia correspondente para acompanhar a delegação e, geralmente, este jornalista faz matérias exclusivas do local”, disse.
Acompanhado do presidente do Legislativo, vereador Lourival dos Santos, e do vereador Itamar Ribeiro de Rezende, o ministro ainda destacou que a Copa proporciona também um legado importante, pois obras de infraestrutura relevantes para o município acabam sendo feitas.
Projetos.
Ribeiro também anunciou a contratação do ex-secretário municipal de Esporte, Samir Messias, como técnico do Ministério, através de parceria com a Universidade Federal do Rio Grande Sul, para projetos como “2º Tempo”, ou, como é denominado em Uberaba, “Proeti”. Lourival afirmou que a contratação de Samir cria um vínculo mais efetivo da cidade com o Ministério, pois ele poderá ser o porta-voz no que diz respeito aos projetos municipais para o Esporte. Itamar também cobrou apoio do Ministério para o esporte amador. Ribeiro explicou que em relação a obras, a pasta não tem como auxiliar, mas dentro da Lei de Incentivo ao Esporte ações podem acontecer, bem como a liberação de equipamentos e materiais esportivos.
Ele também revelou que a Prefeitura tem reivindicado a construção em Uberaba de uma Praça da Juventude, projeto do governo federal que abrange atividades esportivas voltadas para o lazer. Ribeiro destacou que o Ministério estuda a viabilidade, mas o governo também fez um contingenciamento e, por isso, alguns projetos estão sendo adiados.
Seminário.
O presidente destacou ainda que, por sugestão do ministro interino, o município deve sediar, no próximo semestre, um seminário sobre a Lei de Incentivo ao Esporte. “Na verdade, a cidade deve sensibilizar empresários, entidades classistas e os órgãos públicos para esta lei. Será com ela que conseguiremos investimentos importantes, inclusive para a Copa?”, indagou, garantindo que a Câmara estará presente e auxiliará no que for possível

sábado, 20 de junho de 2009

A Petrobras e o FIA

Anualmente, a Petrobras destina ao Fundo da Infância e Adolescência (FIA) o equivalente a 1% de seu imposto de renda devido, conforme disposto em lei pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
Os recursos destinados ao FIA através da Companhia não se vinculam a critérios políticos. Em 2008, os recursos somaram cerca de R$ 44 milhões (Petrobras Holding) e foram distribuídos por meio de duas modalidades, cada uma contemplada com 50% da verba.
Na primeira modalidade, a Petrobras seleciona os conselhos dos municípios da área de influência de suas Unidades de Negócio no Brasil. Ou seja, os conselhos escolhidos pertencem a municípios nos quais a empresa constrói e opera refinarias, terminais etc. Em 2008 foram convidados 357 conselhos a enviarem suas propostas, dos quais 147 tiveram projetos conveniados. Dos 210 restantes, 153 não enviaram propostas, 36 pertencem ao Estado do Rio de Janeiro que, devido ao posicionamento do Ministério Público Estadual, não teve Conselhos com projetos conveniados, 13 não apresentaram algumas das certidões negativas exigidas pelo regulamento e os 8 restantes contrariam um ou mais aspectos previstos em Lei.
Entre os conselhos que receberam convite para participar do processo de repasse, 24 % pertencem a municípios administrados por prefeitos filiados ao PMDB, 15 % são administrados pelo PT, 14 % pelo PSDB, 8% pelo PP e 7% pelo DEM. Esta proporção é bastante similar à filiação partidária dos prefeitos de municípios pertencentes à área de influência (entorno) da Companhia, em que 25% dos municípios são administrados pelo PMDB, 14% pelo PT, 12% pelo PSDB, 8,5% pelo PP e 7,6% pelo DEM.
Na segunda modalidade de repasse de recursos para o FIA, uma Comissão, constituída por entidades com reconhecida competência na área de garantia dos direitos da criança e do adolescente, utiliza como critério o repasse aos Conselhos Estaduais e Nacional de Direitos das Crianças e Adolescentes. Em 2008, a Comissão foi composta por representantes da Associação Brasileira de Magistrados, Promotores de Justiça e Defensores Públicos da Infância e da Juventude (ABMP); Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONANDA); Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF); Agência de Notícias dos Direitos da Infância (ANDI); Associação Imagem Comunitária; Escola de Gente Comunicação em Inclusão; Grupo Cultural Afroreggae, além de dois representantes da Petrobras.
Esta Comissão convidou os 26 Conselhos Estaduais de Direitos do Brasil e o Conselho Nacional a enviarem propostas. Foram estabelecidos convênios com Conselhos de 19 estados: Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Roraima, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Sergipe e Tocantins. Os sete estados restantes e o Distrito Federal não tiveram projetos conveniados porque ou não atenderam às exigências legais ou não apresentaram propostas. No caso do Rio de Janeiro, a não efetivação de convênios, como ocorreu na primeira modalidade de repasses, deveu-se ao posicionamento do Ministério Público local, contrário a repasses com sua destinação discriminada. A Petrobras pede que os Conselhos identifiquem as instituições que receberão os recursos para que, tanto a empresa, quanto o Ministério Público ou qualquer outra entidade acompanhe a aplicação dos mesmos, garantindo a transparência do processo.
A maior destinação de recursos é para a região Nordeste do País, onde se concentram os menores indicadores de desenvolvimento humano relativos à criança e ao adolescente, em especial na área marcada pelo clima semiárido. Segundo o estudo “Situação da Infância: Caderno Brasil”, publicado pelo UNICEF, em dezembro de 2008, é nesta parte do país que há o maior número de estados com as maiores proporções de crianças e adolescentes em situação de risco social. Nestes locais há a maior incidência de crianças com até 6 anos de idade, pertencentes a famílias que sobrevivem com até meio salário mínimo. Na região Nordeste há também a maior incidência de crianças com menos de 2 anos desnutridas; a maior taxa de mortalidade infantil de crianças com até 5 anos de idade; a maior taxa de mortalidade materna; a maior proporção de crianças com idade entre 4 e 6 anos fora da escola, entre outros indicadores.
No Nordeste, o Estado da Bahia é o que recebe a maior parcela dos recursos, já que concentra a maior população de crianças e adolescentes, além de abrigar cerca de 35 % dos municípios no entorno da Companhia na região.
A Petrobras reitera que não seleciona projetos. Os Conselhos encaminham seus projetos em ordem de prioridade. Não há qualquer influência da Companhia nas escolhas.
Fonte: By Blog Fatos e Dados Petrobras

Prêmio Victor Civita Educador Nota 10 abre inscrições

A Fundação Victor Civita está com inscrições abertas para o Prêmio Victor Civita Educador Nota 10, que visa identificar, valorizar e divulgar experiências educativas de qualidade, planejadas e executadas por professores, diretores e coordenadores pedagógicos em escolas de ensino regular. A premiação é dividia em duas categorias. A primeira, Professor Nota 10, que reconhece experiências educativas realizadas por professores das redes pública e privada e de escolas comunitárias ou filantrópicas de acesso público, de Educação Infantil e de 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, nas diversas disciplinas, em todo o território nacional. Já o Gestor Nota 10, premia os melhores projetos desenvolvidos por instituições de ensino com turmas regulares. Ela é aberta a diretores e coordenadores pedagógicos em exercício das redes pública e privada e de escolas comunitárias ou filantrópicas de acesso público em todo o território nacional.
Os professores, diretores e coordenadores pedagógicos de escolas que tenham projetos de formação apoiados pela Fundação Victor Civita encontram-se impedidos de participar do Prêmio Victor Civita – Educador Nota 10. As eventuais inscrições efetuadas em desacordo com a presente disposição serão automaticamente desconsideradas.
As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 12 de julho. Os dez professores selecionados recebem 10 mil reais cada e um troféu. Já na categoria Gestor Nota 10 o prêmio é de R$ 20 mil divididos entre a escola e o diretor/coordenador pedagógico responsável pelo projeto.
Para inscrições, acesse: http://revistaescola.abril.com.br/premiovc/inscricoes.shtml

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Quem morre?

Morre lentamente
quem se transforma em escravo do hábito,
repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca
Não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.
Morre lentamente
quem faz da televisão o seu guru.
Morre lentamente
quem evita uma paixão,
quem prefere o preto no branco
e os pingos sobre os "is" em detrimento de um redemoinho de emoções,
justamente as que resgatam o brilho dos olhos,
sorrisos dos bocejos,
corações aos tropeços e sentimentos.
Morre lentamente
quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho
quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho,
quem não se permite pelo menos uma vez na vida,
fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente
quem não viaja,
quem não lê,
quem não ouve música,
quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente
quem destrói o seu amor-próprio,
quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente,
quem passa os dias queixando-se da sua má sorte
ou da chuva incessante.
Morre lentamente,
quem abandona um projeto antes de iniciá-lo,
não pergunta sobre um assunto que desconhece
ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe. Evitemos a morte em doses suaves,
recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior
que o simples fato de respirar. Somente a perseverança fará com que conquistemos
um estágio esplêndido de felicidade.
Pablo Neruda

TAM recebe inscrições de projetos esportivos e culturais, até o dia 30.

A Companhia Aérea TAM disponibiliza, anualmente, recursos para investimentos em patrocínio esportivo e cultural. Neste ano, a empresa incentivará corridas e maratonas, e na área cultural casas de show, teatro, cinemas, espetáculos e musicais, moda e museus.
Todos os patrocínios serão realizados de forma direta, sem a utilização de leis de incentivo estaduais ou federias. As inscrições estão abertas até 30 de junho e se destinam a projetos que serão realizados no segundo semestre de 2009.
Para mais informações acesse: www.leidepatrocinio.com.br

Programa Caixa Cultural investirá R$ 27,5 milhões em cultura

A Caixa Econômica Federal recebe, até 07 de agosto, inscrições para três Editais do Programa Caixa Cultural: Ocupação dos Espaços Culturais da Caixa, Apoio ao Artesanato Brasileiro e Festivais de Teatro e Dança. No total, serão investidos R$ 27,5 milhões em projetos que sejam realizados de janeiro a dezembro de 2010.
Os Editais incentivarão projetos e programas culturais de teatro, artes plásticas, fotografia, dança, música e artesanato, que priorizem a circulação nos espaços da Caixa Cultural de Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro, Salvador ou São Paulo.
Para mais informações acesse: www.leidepatrocinio.com.br

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Desabafo

Queria que apagasse a terça-feira...
Queria apagar a palavra “VOU”...
Queria ter feito o que não fiz
Queria dizer o que não disse
Queria queria queria....só mais uma vez queria
Queria mudar o seu futuro
Queria tanto, mas tanto
Que hoje quarta, ainda não consigo dormir sem pensar em você, não consigo comer, pensando, pensando e pensar que este foi o problema
Queria ser acéfala para hoje estar você!
Queria ter coragem para mandar esse poema
Queria ter coragem para fazer tudo que não fiz dês da quarta-feira de cinzas.
Sumayra Oliveira

sábado, 13 de junho de 2009

Portaria nº 30 simplifica mecanismo de apresentação de projetos na Lei Rouanet

O Ministério da Cultura divulgou no dia 26 de maio a Portaria de nº 30, que altera o mecanismo de apresentação das propostas culturais no formulário digital Salic Web. As novas mudanças pretendem desburocratizar a inscrição e agilizar a análise das propostas.

De acordo com a nova Portaria, as documentações da área cultural e do proponente deverão ser anexadas no sistema Salic Web em arquivo PDF e o próprio Ministério ficará responsável por imprimir e avaliar as propostas. Contudo, no momento da aprovação será necessária a entrega em papel das certidões negativas de regularidade fiscal do proponente.

Para mais informações acesse: www.leidepatrocinio.com.br

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Eu voltei, para ficar não sei....

Feliz dia dos Namorados,
Ou feliz Dia de São Valentim! A origem dessa comemoração é devido a um dia de jejum em homenagem a São Valentim, durante o governo do imperador Cláudio II, proibiu-se o casamento com o objetivo de formar um grande e poderoso exército. O Imperador acreditava que os jovens se não tivessem família, se alistariam com maior facilidade. No entanto, um bispo romano continuou a celebrar casamentos, mesmo com a proibição do imperador. Seu nome era Valentim e as cerimônias eram realizadas em segredo. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens davam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor.
Entre as pessoas que deram mensagens ao bispo estava uma jovem cega: Assíria filha do carcereiro a qual conseguiu a permissão do pai para visitar Valentim. Os dois acabaram-se apaixonando e ela milagrosamente recuperou a visão. O bispo chegou a escrever uma carta de amor para a jovem com a seguinte assinatura: "De seu Valentim", expressão ainda hoje utilizada. Valentim foi decapitado em 14 de Fevereiro de 270 d.C.
No Brasil, a data é comemorada no dia 12 de Junho por ser véspera do 13 de Junho, Dia de Santo António, santo português com tradição de casamenteiro, provavelmente devido suas pregações a respeito da importância da união familiar que era combatida pela heresia da época chamada Catarismo. O casamento - em queda na Idade Média - gerava filhos que a seita cátara condenava pois para a seita o mundo era intrinsicamente mau, ao invés de ter sido criado por um Deus bom, teria sido criado por um Deus mau.
Essa data associada ao amor romântico chega depois do final da Idade Média, durante o qual o conceito de amor romântico foi formulado.A data provavelmente surgiu no comércio paulista e depois foi assumida por todo o comércio brasileiro para reproduzir o mesmo efeito do Dia de São Valentim, equivalente nos países do hemisfério norte, para incentivar a troca de presentes entre os apaixonados.