terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Visões

Fim de ano sempre dá certa nostalgia, ainda, mas, quando tudo anda balançando. Hoje a Mafalda tava a fim de beber com seus verdadeiros amigos, e assim o fez. Foi no seu bar preferido com seus preferidos amigos. Pena! Faltou Ludovico.

Estava lá a filosofar sobre, política, astronauta de mármore, rivotril, copa do mundo, olimpíadas e outras amenidades, debaixo de uma típica chuva de fim de ano, numa típica calçada mineira e ao som de um ensurdecedor Jazz.

Com a trégua da chuva ela e seu amigo Tico, fizeram logo o movimento de subir os plásticos antidemocráticos que fecham calçadas públicas e nos protegem de ventos molhados (mimos capitalistas). Estava bem a acalmar seu coração com as palavras doces de seu amigo, quando ela teve aquela visão - sua dita “relação” passou no seu carro, mascando um chiclete com a boca aberta e com cara de to na farra, pra não dizer outra coisa.

Tadinha da Malfada, não precisava dormir com essa visão. E por essas e outras que ela anda dizendo que Deus é capitalista e que nem sempre os plásticos antidemocráticos precisam ser retirados por clientes afobados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário