quarta-feira, 6 de abril de 2011

Universidade Popular, convida: sábado‏

Um novo encontro: de vida e alegria. Novamente, na estrada, iremos caminhar buscando a linha do horizonte, a utopia e vida, a liberdade e a cidadania... Dia 9 de abril, às 13 horas, na Rua Capitão Domingos, 1079, reuniremos para continuar nosso processo de construção da Universidade Popular Juvenal Arduini (Upop-JA).

Convidamos a todos...Um espaço livre para a produção e a criatividade, para tecermos juntos uma arte de viver, terna e solidária; e, também, um jeito de intervir libertário, insurgente, que nos viabilize os sonhos de liberdade, vida de direitos humanos e de direito à diferença, vida de inclusão social e vida de cuidado terno e amoroso... Participe, multiplique esta convocatória... Deixemos este canto de esperança renovar, em nós e na vida, o desejo de lutar e crescer, partilhar e seguir, junto com a vida, afirmando-a alegria e paz, justiça social e uma nova suavidade...

O próximo encontro terá como atividades:

- de 13 às 14 hs: espaços de produção coletiva - 1. Cuidado e Produção de Vida / 2. Arte e Produção de Vida

- de 14 às 15 hs: espaços coletivos de produção- 3. Ecologia e Produção de Vida / 4. Práticas Sociais e Produção de Vida

- Intervalo: de 15 às 15:30...

- de 15:30 às 17 hs. Trabalho Coletivo. O que estamos fazendo de nós? - no trabalho - no amor - na vida de cidadão - na família - na comunidade - no lazer - na vida...

- de 17 às 18 hs. Plenária de avaliação e construção da Upop-JA

***

Sempre nos perguntam: quem pode participar? todos que tenham o desejo e o sonho de vier, aprender, ensinar, criar, reinventar-se e sonhar... Enfim, todos que queiram a vida.

***

A Universidade Popular é um projeto público não-estatal, gratuito, solidário e autogestivo e autoanalítico. Um processo instituinte que será construído na própria caminhada...

Assim, chamamos a todos: trabalhadores, intelectuais, artistas, jovens, militantes sociais...

Ela é de todos e para todos...

O que a guia?

- Direitos Humanos e Cidadania; direito à diferença, humanização do cuidado e da vida, solidariedade e ecologia, ética libertária e inclusão social...

- Uma nova pedagogia: de experimentação, transversal, democrática e dialógica...

- A produção de saberes e fazeres vinculados à luta pela superação da exploração, da opressão e da mistificação, pela reinvenção da vida e pela transformação do mundo ( transformar o mundo, mudar a vida)...

- Um espaço de produção e trocas de conhecimento não-hierarquizado, não burocratizado, inventivo e militante: um outro mundo é possível...

... Uma utopia ativa... Uma sociedade de amigos...

***

Estejamos juntos nesta caminhada; busquemos o sol de primavera do nascer de um novo tempo.

"podemos formar uma muralha com nossos corpos de sonhos e margaridas" F Gullar

venha, participe, divulgue... dia 9 de abril de 2011, às 13 hs: universidade popular... hora de alvorecer...


UNIVERSIDADE POPULAR, UM ESTRADEIRO OUSAR...

A Universidade Popular não é um espaço de institucionalização dos poderes e saberes hegemônicos... Um instrumento, uma ponte... dos oprimidos e dos excluídos e dos que com eles sonham e lutam para a construção de um novo mundo possível e necessário...

A escola-instituição é reprodutora da opressão, da exloração e da mistificação... Uma serviçal da racionalidade técnico-instrumental e da formação para o mercado, para o individualismo e para a manutenção do status quo.

Ela é uma fonte de alienação e forma ( deforma) trabalhadores desinstrumentalizados para o cuidado e a inclusão, para as práticas solidárias e de mudança.

A Universidade Popular ( Upop-JA) caminha noutra direção...

A Upop-JA é nômade, estradeira, potencializa o que pode um corpo... Assim, se desenvolve nos caminhos da criatividade, do diálogo e da escuta, das trocas, do virtual e do devir, do novo, do que paira no ar...

Não busca a verdade única; crê na diversidade, pluralidade e no novo inesperado... Porisso e para isso, se materializa como espaço liso, instituinte, de autogestão e autoanálise; democrática e popular... Uma insurgente libertária...

Possui ela uma ética:de afirmação da vida e do cuidado, da inclusão social e da produção de relações de solidariedade, ternura e suavidade, da sustentabilidade ecológica e da humanização da vida e do mundo.

É uma máquina de guerra não-bélica... um dispositivo de subjetivações livres... uma contra-instituição... uma militante da vida e da libertação...

Tupiniquin... De brasilidade e mineiridade... Sem exclusão de nada: autores, opiniões, valores; técnicas, conhecimentos...

Uma sociedade de amigos, uma ilha de liberdade num mundo de opressão e desamor...

Nela, caminhamos e juntos no caminho, aprendemos, ensinamos, intervimos, inventamos...

Muitos dirão que é um sonho; diríamos uma utopia ativa... Uma aurora que buscaremos e teceremos com nossos próprios corpos e com os nossos sonhos mais belos...

Por que vamos construi-la?... Estamos construindo pela vida que clama e lamenta a realidade de exclusãoe violência; exploraçãoe desamor; morte civil e estgmatização; aquecimento global e intolerância social... O novo, um dia, era uma opção... Hoje, olhando a natureza e a sociedade, vemos que ele se tornou uma urgente necessidade...

Ela - Upop-JA - nasce das lágrimas do mundo para construir uma eterna primavera... Uma alegria e uma paz, que andam desapareciadas... A constriremos para que mundo possa florir...


email - utopiaativa@netsite.com.br

dia 9 de abril, sábado, às 13hs:
atividades da Universidade Popular Juvenal Arduini...
Rua Capitão Domingos, 1079. Abadia - Uberaba...
venha... participe...divulgue...
atividades abertas
"um mais um é sempre mais dois;
para construir a vida
e só repartir melhor o pão"



Texto e Convite: Jorge Bichuetti


Nenhum comentário:

Postar um comentário