segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

A Embriaguez dos Progressos Técnicos


Parece-me que confundem fim e meio os que se assustam em demasia com os nossos progressos técnicos. Quem luta com a única esperança de recolher bens materiais, efetivamente não recolhe nada que valha a pena viver. A máquina não é um fim, é uma ferramenta como a charrua. Se acreditamos que a máquina destrói o homem, é que talvez careçamos de algum recuo para julgarmos os efeitos de transformações tão rápidas como as que sofremos. Que são os cem anos de história da máquina comparados com os cem mil anos de história do homem?

Antoine de Saint-Exupéry, in "A Terra dos Homens

Nenhum comentário:

Postar um comentário