sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Em 2014

Desejo que em 2014 possamos...

nos despojar:
- das mágoas que insistimos em guardar;
- das pequenas mesquinharias que nos aprisionam;
- dos sorrisos forçados que, muitas vezes, escondem nossos reais sentimentos;
- dos falsos amigos que nos bajulam;
- das rodas de fofocas vazias;
- das maldades pequenas e grandes;
- e da terrível tentação das pequenas reclamações cotidianas...


E que possamos, ainda...

intensificar:
- os sorrisos;
- as brincadeiras;
- as emoções;
-  a espiritualidade;
- a leitura prazerosa;
- os exercícios físicos estimulantes e relaxantes;
- o convívio com quem amamos;
-e, principalmente, todo e qualquer gesto de amor..

Nenhum comentário:

Postar um comentário