quarta-feira, 11 de julho de 2012

O Instituto de Zootecnia difunde o Pensamento Anarquista em Uberaba (MG)


As aulas do Instituto de Zootecnia foram iniciadas em julho de 1897, e entre os professores destacava-se Amedée Cellier, recém-chegado da França, contratado pelo governo do estado para ministrar a disciplina de veterinária. Cellier – que jamais conseguira falar português - tornou-se amigo de Alexandre Barbosa, que falava francês fluentemente. Por meio dele, passou a ter acesso aos anarquistas daquele país.Segundo Molinar, na Chácara das Mangueiras de Alexandre Barbosa situada na hoje avenida que leva seu nome, se cantava A Internacional, o hino comunista. A letra e a partitura foram recebidas da França, na década de 1910, por meio do jornal l’Humanité, do Partido Comunista daquele país, com o qual seu Barbosa colaborava financeiramente

Nenhum comentário:

Postar um comentário