terça-feira, 23 de junho de 2009

Ministro vê possibilidades de Uberaba recepcionar delegação

O ministro interino do Esporte, Wadson Ribeiro, esteve ontem em Uberaba e, durante visita à Câmara Municipal, afirmou que Uberaba, por ser cidade-polo e estar estrategicamente localizada em relação às cidades sedes da Copa 2014, pode vir a ser um dos municípios do interior a receber uma delegação. “Uberaba tem uma localização privilegiada e porte para receber uma delegação. Claro que investimentos devem ser feitos, mas não seria algo inviável”, disse ele.
Ribeiro explicou ainda que o Ministério, no que diz respeito a este projeto, não tem interferência direta, mas pode auxiliar na questão. Ele disse que Uberaba deve apresentar a proposta diretamente aos países que escolherem, pois são eles quem definem onde querem ficar, mediante as facilidades que encontram. Ao comentar sobre esta expectativa, o ministro interino lembrou que são mais de três bilhões de pessoas, entre expectadores e participantes, na Copa e que o retorno em termos de visibilidade é incontável. “É a população do país que está se preparando aqui, inteiramente ligada na cidade. Sem contar que a imprensa do mundo inteiro envia correspondente para acompanhar a delegação e, geralmente, este jornalista faz matérias exclusivas do local”, disse.
Acompanhado do presidente do Legislativo, vereador Lourival dos Santos, e do vereador Itamar Ribeiro de Rezende, o ministro ainda destacou que a Copa proporciona também um legado importante, pois obras de infraestrutura relevantes para o município acabam sendo feitas.
Projetos.
Ribeiro também anunciou a contratação do ex-secretário municipal de Esporte, Samir Messias, como técnico do Ministério, através de parceria com a Universidade Federal do Rio Grande Sul, para projetos como “2º Tempo”, ou, como é denominado em Uberaba, “Proeti”. Lourival afirmou que a contratação de Samir cria um vínculo mais efetivo da cidade com o Ministério, pois ele poderá ser o porta-voz no que diz respeito aos projetos municipais para o Esporte. Itamar também cobrou apoio do Ministério para o esporte amador. Ribeiro explicou que em relação a obras, a pasta não tem como auxiliar, mas dentro da Lei de Incentivo ao Esporte ações podem acontecer, bem como a liberação de equipamentos e materiais esportivos.
Ele também revelou que a Prefeitura tem reivindicado a construção em Uberaba de uma Praça da Juventude, projeto do governo federal que abrange atividades esportivas voltadas para o lazer. Ribeiro destacou que o Ministério estuda a viabilidade, mas o governo também fez um contingenciamento e, por isso, alguns projetos estão sendo adiados.
Seminário.
O presidente destacou ainda que, por sugestão do ministro interino, o município deve sediar, no próximo semestre, um seminário sobre a Lei de Incentivo ao Esporte. “Na verdade, a cidade deve sensibilizar empresários, entidades classistas e os órgãos públicos para esta lei. Será com ela que conseguiremos investimentos importantes, inclusive para a Copa?”, indagou, garantindo que a Câmara estará presente e auxiliará no que for possível

Nenhum comentário:

Postar um comentário