domingo, 23 de setembro de 2012

23 de setembro - da prisão de Olga Benário a morte de Neruda

Os principais fatos que aconteceram em 23 de setembro pelo mundo:

1850:
Morre aos 86 anos, no exílio em Assunção, José Artigas, herói da independência do Uruguai e das Américas.
             
1900:
5º Congresso da 2ª Internacional, em Paris. A única delegação latino-americana é a argentina.
             
1934:
Semana Antiguerreira, de conteúdo antifascista.

1936 :
Olga Benário, judia alemã e militante comunista, 28 anos, grávida de 7 meses, é entregue à Gestapo nazista em meio à onda repressiva pós-1935. Terá a filha Anita Leocádia em um cárcere alemão e morrerá, na câmara de gás, em 1942.
             
1948:
Congresso do DF (Rio) em Defesa do Petróleo. Termina em repressão policial.
             
1950:
Aprovada nos EUA a lei McCarthy. Início da “caça às bruxas” anticomunista.
             
1966:
Massacre da Praia Vermelha. A PM invade a Fac. de Medicina e espanca estudantes no Rio.
             
1973:
A Argentina elege Perón, que se exilara durante a ditadura.
             
1973:
Morre, 12 dias após o golpe de Pinochet, o poeta e comunista chileno Pablo Neruda.     
           
1991:
Greve geral nos 54 portos brasileiros.
             
1996:
Começam os protestos palestinos contra o túnel sob a mesquita de Al-Aksa; 60 mortos.
             
2005:
Morre no Rio Apolônio de Carvalho, 93, o Herói das 3 Pátrias: Brasil (levante de 35), Espanha (Guerra Civil) e França (Resistência antinazista).   

Nenhum comentário:

Postar um comentário