quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Tendências para Captação de recursos em 2011

Depois do corte de 50 bilhões em Projetos feito pelo Governo Federal, projetistas, captadores de recursos e o terceiro setor estão em prantos aqui no Brasil. Me incluo nessa sem medo de ser feliz! A melhor fonte de captação de recursos no meu entedimento, tem sido no primeiro setor, onde permite uma autonomia de ação independendo de política de markentig voltado para divulgação, item decisivo na captação junto ao segundo setor.

Mas como a crise pública de recuros é mundial, no último dia 15 de fevereiro mais de 40 captadores se reuniram na Associación Española de Fundraising (AEF) para um colóquio em Madri e analisaram as tendências e perspectivas da captação de recursos para 2011.

Entre os tópicos que foram discutidos, foram destacadas as tendências de relacionamento com o terceiro setor tanto por parte das corporações como das pessoas físicas, com algum destaque para o voluntariado. Além disso comentaram sobre a mobilização de recursos possibilitada pelos canais digitais.

O resumo completo das análises do colóquio pode ser visto no próprio site da AEFundraising



Nenhum comentário:

Postar um comentário